Administração das Disponibilidades Empresariais

Administração das Disponibilidades Empresariais

As organizações utilizam de estratégias importantes para identificar o nível ideal de disponibilidades levando em conta sempre que cada decisão estratégica vem acompanhada de seus respectivos custos. O objetivo é buscar o equilíbrio entre custo e risco e envolvem o entendimento acerca dos prazos médios que compõem o ciclo operacional da empresa. As principais estratégias utilizadas são:

> Eficiência dos valores a receber: agilizar as entradas de caixa é muito importante;
> Gestão de títulos a pagar e a receber (negociação com fornecedores e clientes): acelerar os recebimentos e postergar os pagamentos o máximo possível;
> Descontos financeiros: objetivando antecipar recebimentos e reduzir riscos, dentro dos limites estabelecidos na política de cobrança;
> Fluxo de caixa: buscar a melhor adequação entre datas de pagamento e recebimento dando maior eficácia na administração do fluxo;
> Estocagem e produção: reduzir os prazos de estocagem e produção torna-se fundamental e deve ocorrer acelerando os giros dos estoques, reduzindo os níveis de matérias-primas estocadas (reduzindo o período do ciclo produtivo);
> Recursos temporariamente inativos: os recursos disponíveis, mesmo em curto prazo, devem ser aplicados no mercado monetário.

Além das estratégias utilizadas para identificar o nível das disponibilidades, a empresa deve analisar constantemente os ambientes interno e externo, buscando identificar suas forças e fraquezas internas, juntamente com as ameaças e oportunidades no ambiente externo, para decidir sempre buscando a melhor formatação entre risco e retorno. Relacionados à melhor administração das disponibilidades a empresa deve ter bem definidas duas importantes políticas: política de crédito e política de cobrança.

A política de cobrança caracteriza-se como o conjunto de ações ou procedimentos utilizados pela empresa para garantir o recebimento dos créditos provenientes das duplicatas a receber, por ocasião dos seus respectivos vencimentos. Já a política de crédito tem como característica principal o incremento no volume de vendas, não deixando de lado também a busca do equilíbrio entre risco e retorno e, para isso, deve-se buscar uma adequação entre os custos envolvidos no padrão de crédito.

Uma política de cobrança eficiente depende diretamente dos critérios utilizados na concessão do crédito e vai refletir no nível de inadimplência de uma empresa. Os principais instrumentos de cobrança são: telefone, correspondência, visita pessoal, empresas de cobrança e cobrança judicial. O custo da ferramenta utilizada é determinante para a sua eficiência, pois quanto maior o custo, maior a sua eficácia.

Consultoria - Visita Prévia
Consultoria – Visita Diagnóstico
Consultoria – Visita Técnica
Até 2 horas
Até 4 horas
Até 2 horas
Valor: R$ 200,00
Valor: R$ 2.000,00
Valor: R$ 500,00
Item: SV1-2017
Item: SV2-2017
Item: SV3-2017

Alterações nestas políticas devem ocorrer somente para acompanhar as decisões estratégicas de crescimento relacionadas ao mercado de atuação, juntamente com a mais eficiente gestão das disponibilidades. E estas alterações afetam o volume de vendas, as despesas com devedores incobráveis, as despesas gerais de crédito, as despesas com cobranças e o custo do investimento marginal em duplicatas a receber.

Em algumas empresas a análise interna deve ocorrer, principalmente, na redução das despesas e dos custos, na utilização otimizada e atomizada dos estoques e na eficiência das transações de compras que, associados a uma ampliação das vendas garantirão um volume maior de disponibilidades que são importantes para possibilitar os investimentos que representam o crescimento da empresa.